09/05/18 Ministro do trabalho participa de evento sobre segurança do trabalho no setor de transportes

O aprimoramento das condições de saúde e segurança do trabalho é uma cruzada que precisa ser contínua e incansável

O ministro do Trabalho, Helton Yomura, participou na tarde desta sexta-feira (25), no Rio de Janeiro, do evento Canpat 2018 – Transportes, organizado por meio de uma parceria entre as pastas do Trabalho e Transporte e o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros por Fretamento do Estado do Rio de Janeiro (Sinfrerj).

O evento foi realizado no âmbito da Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes do Trabalho (Canpat), que, por sua vez, faz parte do movimento Abril Verde.

“A Canpat é fruto de uma mobilização intensa e completa do Ministério do Trabalho, que envolve os servidores da sede e das superintendências espalhadas pelas 27 unidades da federação, as nossas gerências e agências Brasil afora”, afirmou Helton Yomura.
O ministro ressaltou que os esforços para a prevenção de acidentes de trabalho serão redobrados no país. “Muito tem sido feito, mas ainda há muito a fazer. Nossos desafios não são poucos nem pequenos.

O aprimoramento das condições saúde e segurança do trabalho é uma cruzada que precisa ser contínua e incansável”, destacou Yomura.
O evento Canpat 2018 – Transportes foi dirigido a entidades e empresas dos setores de transportes e turismo.

Foram realizados debates com especialistas na área de engenharia de segurança e em medicina do trabalho e na de transporte coletivo de passageiros por fretamento.

Ao fim do evento, foi realizado um ato cívico-religioso na Capela do Corcovado. Em seguida, o Cristo Redentor foi iluminado na cor verde, em alusão ao Abril Verde e à Canpat.

Campanha Nacional – O objetivo da Canpat é conscientizar a sociedade sobre a necessidade de prevenção de acidentes e adoecimentos que vitimam trabalhadores.

Em 2017, de acordo com números preliminares do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), foram concedidos 196.754 benefícios a trabalhadores, que precisaram ser afastados das atividades profissionais por mais de 15 dias devido a algum problema de saúde ocasionado pelo trabalho.

A média foi de 539 afastamentos por dia.
Apesar de a Canpat tratar da prevenção em todas as situações que envolvem o trabalho, a campanha deste ano tem dois focos principais: os adoecimentos e as quedas com diferença de nível, ou seja, quando o trabalhador cai de locais altos, como plataformas elevadas, escadas ou andaimes.

Durante a campanha de 2018, o Ministério divulgará cartilhas sobre trabalho em altura; cartilha sobre manutenção em fachadas; manual consolidado explicativo sobre a NR-35, que trata das condições seguras dos trabalhos em altura; Guia de Procedimentos da Inspeção do Trabalho (Manual de Fiscalização do Trabalho em Altura e Manual da Fiscalização do Programa de Controle Médico e Saúde Ocupacional – PCMSO) e, ainda, cartilha sobre adoecimento ocupacional, elaborada para orientar trabalhadores e empregadores sobre o tema.

Por: Letycia Bond – Repórter da Agência Brasil  Brasília.

 

SIPAT SHOW PALESTRAS E TEATRO PARA SIPAT.
ATENDEMOS EM TODO TERRITÓRIO NACIONAL.
WWW.SIPATSHOW.COM.BR

Postagens Recomendadas

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar